BRASIL, Sudeste, Mulher, de 20 a 25 anos, English, Portuguese, Música, Livros
MSN -

 

   

    UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis


 

 
 

   

   


 
 
QUESTOES DO CORAÇAO



E A SAUDE... COMO VAI?

Sais Minerais

Ao enfrentar filas e muitas vezes péssimas condições estruturais em hospitais e ambulatórios clínicos, pacientes de todas as idades levam em suas mentes algum diagnóstico próprio, em geral baseado em leituras de artigos médicos ou matérias de televisão.

Já os médicos, cada vez mais apressados e nem sempre empenhados em cumprir o protocolo investigativo dos sintomas apresentados, diagnosticam precocemente doenças até mesmo das mais graves.

Um exame que apresenta altíssimo número de leucócitos no sangue, por exemplo, pode receber um diagnóstico de lupus, doença relativamente grave, ou leucemina, que apavora até o mais destemido dos pacientes. Porém, a prudência médica não pode descartar a hipótese de uma infecção bacteriológica mal curada.

As divergências de diagnóstios de um médico para outro, de uma unidade clínica para outra, causam cada vez mais insegurança e descrédito para pacientes do sistema de saúde pública. Todavia, elas ocorrem, muitas vezes, pela falta de investigaçao clínica através de exames de rotina.

Conquanto haja a necessidade de se formar melhor os profissionais de saúde e exigir destes a prática correta e regularmente atualizada, não podemos desconsiderar um certo traço de hipocondria na população que vai ao médico visando à receita, ao remédio e ao diagnóstico.

A falta de informação, quando atua sobre os dois lados da mesa do ambulatório, pode gerar monstros terríveis, sobretudo, na imaginação daquele que sofre os sintomas.

Exemplo disso é o quadro de deficiências minerais que, não se enquadrando nos casos patológicos, muitas vezes produzem sintomas tão assustadores quanto os causados por doenças cardíacas, hepáticas, gástricas etc.

Para proteger-se da mente viciada em diagnósticos patológicos, convém conhecer alguns sintomas causados pela deficiência dos principais minerais importantes para o bom funcionamento do organismo humano. Conhecer os sintomas provocados por essas faltas deverá incentivá-lo(a) a solicitar ao clínico geral uma investigação do nível de minerais em seu organismo.

Reconheça os sintomas:

Falta de Potássio
prisão-de-ventre 
olhos fundos e sem brilho
tonturas
sono durante o dia
tornozelos inchados
hemorragias nasais
câimbras
insônia
dores de cabeça

Falta de Sódio
indigestão
vômitos
gases no estômago
endurecimento das artérias
catarros
pés frios
pele seca
tristeza
melancolia

Falta de Cálcio
dentes cariados
hemorragias
ossos moles
pessimismo
nostalgia
órgãos genitais doloridos

Falta de Magnésio
olhos amarelados
desmaios
nevralgias
acidez (azia)

Falta de Ferro
dores nas costas
secura na boca e na garganta
palidez

Falta de Fósforo
impotência
falta de desejo sexual
dormências dos membros
nervoso
cansaço

Falta de Enxofre
mau hálito
zumbido nos ouvidos
debilidade

Falta de Silício
queda dos cabelos
tosse contínua
suores abundantes
sede noturna

Falta de Manganês
palpitação
olhos vermelhos
falta de concentração
dificuldade para respirar

Falta de Cloro
falar durante o sono
muita fome
dores nos membros superiores e inferiores

Falta de Iodo
memória fraca
descamação da pele
gosto gorduroso na boca
saliva fétida

Falta de Flúor
visão limitada
piorréia
dificuldade de audição
língua suja

A deficiência de sais minerais está diretamente relacionada ao estilo de vida da pessoa, especialmente, à alimentação que costuma fazer. A mesa carente de hotaliças é a principal causadora desse tipo de deficiência. Saiba, pois, onde encontrar os sais minerais necessários à supressão dos sintomas e correta reposição para um organismo mais saudável:

Potássio
beterraba
alho
alface
berinjela
pepino
couve-flor

Sódio
cenoura
repolho
tomate
espinafre
alho porro
couve

Cálcio
cebola 
agrião
alho
salsa
repolho
aspargo

Magnésio
cenoura
feijão
agrião
brócolis
cebola
pepino

Ferro
escarola
alcachofra
alface
repolho
berinjela
alho

Fósforo
brócolis
alho porro
nabo
feijão 
lentilha
couve-flor

Enxofre
alho
repolho
escarola
espinafre
agrião
couve

Silício
brócolis
pepino
aspargo
cebola
alho
espinafre

Manganês
beterraba
cenoura
cebola
alface
feijão
alho
salsa

Cloro
nabo
tomate
berinjela
agrião
couve
escarola

Iodo
alface
tomate
cenoura
aspargo
agrião
feijão

Flúor
beterraba
couve
agrião
escarola
brócolis
feijão

 

ATENÇAO:

 

Muito cuidado com sua saude, pois em primeiro lugar é VOCE...  depois o resto, a gente corre atras...

 



Escrito por ars_ às 19h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]